top of page

Trabalho Focado - Sumário executivo

Por Cal Newport


É sobre o que?


Produtividade


Deep Work trata de como a ascensão da tecnologia destruiu a nossa capacidade de nos concentrarmos profundamente nas tarefas – e como ultrapassar este bloqueio. No livro, ele ilustra diferentes estratégias que podem ajudá-lo a melhorar o rendimento do seu trabalho e aproveitar ao máximo o seu tempo livre.


Sobre o autor


Cal Newport é professor de ciência da computação na Universidade Georgetown, especializado em teoria de algoritmos distribuídos. Várias publicações, incluindo Inc. Magazine, The Globe and Mail e 800-CEO-Read, incluíram seu livro mais recente, So Good They Can't Ignore You, em suas listas de melhor livro de negócios do ano.


Ideias principais do livro:

  • Temos que adquirir competências e a capacidade de nos concentrarmos numa tarefa de cada vez.

  • Multitarefa não é bom para produtividade.

  • O trabalho focado é intencional e desejado, sendo necessário a existência de rituais que preparem a mente para isso.

  • No início de cada dia de trabalho, crie uma programação.

  • A meditação produtiva pode reconectar seu cérebro e ajudá-lo a se concentrar.

  • Use momentos improdutivos para considerar um problema que você precisa resolver.


Introdução


O quê tem pra mim?


Realize todo o seu potencial por meio de um trabalho focado e profundo. Numa época em que a tecnologia evolui a um ritmo com que antigamente poderíamos apenas sonhar, temos de adquirir as competências e a capacidade de nos concentrarmos numa tarefa de cada vez no nosso trabalho diário, sem interrupção. Devemos aprender a praticar um trabalho focado.


Ideia chave 1

Multitarefa e distração são inimigas da produtividade


Muitas pessoas pensam que fazer muitas coisas ao mesmo tempo é o uso mais produtivo do seu tempo, mas essa lógica está completamente errada. Isso porque multitarefa não é igual a produtividade.


Ao passar da tarefa A para a tarefa B, nossa atenção permanece presa à primeira atividade, o que significa que só conseguimos focar parcialmente na segunda, o que prejudica nosso desempenho.


Multitarefa não é bom para a produtividade. Na verdade, embora possa parecer inofensivo manter as guias de mídia social e e-mail abertas em seu navegador, o simples fato de ver coisas aparecendo em sua tela é suficiente para atrapalhar seu foco, mesmo que você não esteja abordando notificações imediatamente.


Concluir pequenas tarefas e movimentar informações nos faz sentir ocupados e realizados – mas na verdade apenas nos impede de nos concentrarmos verdadeiramente nas poucas tarefas fundamentais e trabalhosas que nos levam a nossos objetivos.


Ideia chave 2

Existem diferentes estratégias para alcançar um trabalho profundo – todas elas requerem intenção.


Embora não exista uma estratégia universal, aqui estão algumas que você pode achar úteis:

  1. A primeira é a abordagem monástica. Essa estratégia funciona eliminando todas as fontes de distração e isolando-se como um monge.

  2. A segunda é chamada de abordagem bimodal, que envolve definir um longo período de reclusão, claramente definido para o trabalho, e deixar o resto do tempo livre para todo o resto.

  3. A terceira é a abordagem rítmica. A ideia aqui é criar o hábito de fazer um trabalho profundo por blocos de, digamos, 90 minutos e usar uma agenda para monitorar suas realizações.

  4. E, por fim, a estratégia jornalística é aproveitar qualquer tempo livre inesperado da rotina diária para realizar um trabalho profundo.


Independentemente da técnica que você empregue, é fundamental lembrar que elas são metódicas e não aleatórias.


Na verdade, essa é exatamente a diferença entre estar concentrado e trabalhar profundamente. Afinal, você entra no clima por acaso e muitas vezes só depois de horas de procrastinação. Por outro lado, o trabalho profundo é intencional e desejado, o que torna imprescindível a existência de rituais que preparem a mente para isso.


Um ritual pode ser definir o seu espaço. Pode ser tão simples quanto colocar uma placa de “não perturbe” na porta do escritório ou ir a uma biblioteca ou cafeteria. Este último é especialmente útil se você trabalha em um escritório aberto.


Outro ritual é definir limites, por exemplo, desconectando a internet ou desligando o telefone.


E, finalmente, torne o seu trabalho profundo sustentável. Porque, seja exercício leve, comida ou um estimulante de cafeína, é essencial dar ao seu corpo o que ele precisa se você quiser se concentrar. Do contrário, você nunca terá a energia mental necessária para permanecer em um trabalho profundo.


Ideia chave 3

Concentre seu cérebro e seja seletivo quanto ao uso da tecnologia.


O problema é que nossos cérebros estão programados para se distrair facilmente. Isto porque, evolutivamente falando, estas distrações podem representar riscos ou oportunidades. Como resultado, é difícil nos concentrarmos profundamente em uma tarefa.


Mas não se preocupe, a meditação produtiva pode reconectar seu cérebro e ajudá-lo a se concentrar. Veja como funciona:


Use momentos que de outra forma seriam improdutivos – como passear com o cachorro, tomar banho ou ir para o trabalho – para considerar um problema que você precisa resolver sem deixar sua mente mudar de assunto.


Para começar, faça perguntas a si mesmo que identifiquem diferentes questões na solução de um determinado problema. Então, depois de atingir um alvo específico, pergunte-se questões de ação como: “O que preciso para atingir meu objetivo?”


Pense nisso como uma rotina de exercícios intensos para o seu cérebro que o ajudará a aumentar o seu foco!


Ideia chave 4

Agendar o trabalho e o tempo livre é essencial para restaurar a energia.


Quando você chega em casa do trabalho ou faz tarefas o dia todo, muitas vezes tudo o que você quer fazer é, bem, nada. E para muitos de nós, isso significa não ter horários fixos para concluir tarefas.


Mas, ironicamente, acabamos presos à mesma rotina todas as noites: assistimos TV, navegamos em nossos telefones ou olhamos para nossos computadores. Então, quando finalmente chega a hora de ir para a cama, nos sentimos mais cansados do que quando chegamos em casa, deixando-nos sem energia para o dia seguinte.


Como você pode evitar essa situação?


Ao programar tudo o que você faz, você terá tempo livre para estar atento a como o gasta. No início de cada dia de trabalho, crie uma programação dividida em blocos de pelo menos 30 minutos. Neste cronograma você deve definir tarefas profissionais e pessoais, como tempo para relaxar, comer ou colocar e-mails em dia.


É inevitável que sua programação mude durante o dia, mas se isso acontecer, basta reorganizar seus blocos. A ideia não é seguir rigorosamente o seu itinerário, mas sim cultivar a consciência de como você gasta o seu tempo.


Isso significa que também é fundamental planejar suas noites e fins de semana com antecedência para que você possa tomar medidas em direção a objetivos específicos. Procure deixar o trabalho no escritório e planeje atividades que não envolvam a Internet. Assim você vai revitalizar sua mente e seu corpo. Talvez seja leitura, exercícios ou apenas algum tempo de qualidade com seus entes queridos.


Dieta de internet


Na próxima vez que você se sentir completamente exausto ao final de um dia improdutivo, considere fazer uma “dieta de internet”.


Basta levar para o trabalho um bloco de notas no qual você escreve horários específicos em que tem permissão para usar a internet e evitar usá-lo fora desses horários. Isso aumentará sua produtividade porque, inconscientemente, você desejará aproveitar mais o tempo que se permitiu usar a internet.


Você ficará surpreso ao ver como seu foco dispara, simplesmente por estar presente enquanto navega na web, em vez de estar em um estado semiconsciente onde o tempo passa.


Resumo final


As distrações estão por toda parte no mundo moderno, onde a multitarefa se tornou nosso estado padrão e está matando nossa produtividade. A boa notícia é que podemos retomar o controle do nosso tempo eliminando distrações e permitindo que nosso cérebro se concentre em uma tarefa de cada vez.


___________________


Acompanhe mais conteúdos como este no LinkedIn. Acesse: https://www.linkedin.com/in/marceloassumpcaofgv/





12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page